Viajar Sozinha: O que eu aprendi viajando sozinha pelo mundo

Publicado em Categorias Destaques, Nossas Dicas de Passeios, Nossas dicas de viagens, Notícias, Todos os Posts, Últimos posts

Viajar Sozinha

Viajar Sozinha: dicas e conselhos para quem quer começar a viajar sozinha pelo Brasil e pelo Mundo.

por Adriana Molha

Eu amo viajar sozinha. É uma das minhas grandes felicidades na vida. Conhecer jeitos diferentes de estar no mundo, de comer, de se vestir, de rir das coisas. Tudo é diferente quando se cruza a fronteira do nosso país. E eu amo experimentar essas diferenças, saborear novos ventos e conhecer pessoas.

Desde pequena, com a minha família, viajamos o Brasil todo. Meus pais têm um espírito aventureiro e explorador e por isso levaram eu e meu irmão para conhecer muitos lugares quando éramos crianças.

Com 25 anos, comecei a viajar pelo mundo e desde então, não parei mais. Assim, conheci muitos países e diversas culturas diferentes. Adorei cada viagem que eu fiz.

Mas nas minhas primeiras viagens, sempre estava acompanhada da minha família, do meu namorado, das minhas amigas. Ou seja, sempre viajava junto com alguém. E era maravilhoso também.

Foi então que, com 29 anos, me mudei para o Uruguai, fundei a minha empresa @brasileirosnouruguai e… tudo mudou. Minha vida mudou completamente. E, claro, minhas viagens também mudaram a partir dali.

Viajar Sozinha para o Uruguai Montevideo

Com isso, comecei a viajar a negócios, para fazer parcerias, fechar acordos e conhecer lugares para poder vender os serviços daqueles locais para meus clientes. E nessas viagens a negócios, claro, eu não podia levar minha família. Afinal, todos também tinham seus empregos e não podiam me acompanhar.

Além disso, eu é quem estava à frente dos meus negócios e só eu poderia fazer o meu papel nessas viagens. Por isso, então, pela primeira vez, aos 30 anos de idade, comecei a viajar sozinha.

Minha Primeira Viagem Sozinha

Na primeira viagem sozinha, lembro como se fosse hoje, que aventura!!! Saí de Montevideo para Punta del Este, para participar da primeira feira de turismo da minha vida. Eu ia apresentar, pela primeira vez, a @brasileirosnouruguai para o mercado. O evento iria acontecer no Conrad (hoje, Enjoy Punta del Este) e os participantes tinham direito a tarifas especiais. Que legal, eu ia me hospedar no Conrad!!

Ao chegar, vi o quarto gigantesco, só pra mim! Duas camas de casal, um banheiro enorme, um quarto bem espaçoso com uma linda varanda com vista para o mar.

Porque Viajar Sozinha

Abri as cortinas, vi o mar e quase chorei de emoção! Que longe que eu tinha chegado! Sentei na cama e olhei pro mar.

Viajar Sozinha Barato

Viajar Sozinha Destinos

Comecei a pensar em tudo o que tinha feito até ali. Quantas conquistas! Era o primeiro mês da minha recém-inaugurada agência de turismo e eu estava hospedada no Conrad, esperando para descer e começar a divulgar o meu trabalho par um monte de empresa super legais.

Conquistei tudo sozinha (claro que tive ajuda de pessoas queridas que me apoiaram no início), mas eu fiz tudo sozinha. E lá estava eu, desfrutando da melhor vista de Punta del Este, muito orgulhosa da minha pequenina agência de turismo, completamente ansiosa por tudo o que me aguardava.

Primeiro vem o Medo, depois a Liberdade 

Era meio dia. Desci para o restaurante e sentei na mesa sozinha. Que sensação estranha era aquilo. Descer no restaurante do hotel onde eu estava hospedada sozinha, para almoçar sozinha. Para mim, era muito estranho, mas também extremamente libertador.

Que maravilhosa a sensação de (pasmem) ir comer na hora que você quiser! Sem perguntar pra ninguém, sem ter que fazer acordos, sem ter que ceder em absolutamente nada, apenas ir, quando você quer ir. Sem explicar, sem pedir, sem ir almoçar mesmo estando sem fome. A sensação de ir quando você quiser. É incrivelmente surreal de tão simples e, ao mesmo tempo, tão incrível. Liberdade. Total. Do que você quiser. Na hora que você quiser.

Ao sentar no restaurante, me senti um pouco envergonhada de estar sozinha, confesso. Para nós mulheres, não é natural ir a lugares sozinha. Por muitos anos foi proibido, depois foi considerado feio, e hoje em dia, apesar de todos os avanços, ainda é considerado meio fora do comum em alguns lugares mais conservadores. Não vemos muitas mulheres sozinhas nas baladas (né?), ou nos restaurantes. Em 2013 ainda menos. No Uruguai então, menos ainda.

Então, aquilo foi uma sensação diferente. Parecia que todos estavam me olhando com os olhos do julgamento da sociedade (ler com voz de monstro do pântano). Mas tudo passou quando chegou o couvert cheio de guloseimas, maravilhoso glorioso e gigantesco, inteirinho pra mim. Não tinham porção individual, então a porção servia duas pessoas. E era só meu. Quando chegou meu prato de nhoque lindo, quase chorei de novo. Rsrs.

Viajar Sozinha Auto Conhecimento

Difícil descrever o que eu estava sentindo. Parece besteira, mas de verdade, era a primeira vez que eu estava indo em um restaurante sozinha. Viajando sozinha. Para mim, era uma coisa totalmente nova, assustadora, um misto de um pouco de vergonha por não saber como agir, medo de ser julgada pelos olhos da sociedade (voz de monstro de novo), com a leve e intensa sensação de liberdade total. Uma liberdade que eu nunca tinha experimentado.

Querer comer e comer. Querer sair e sair. Querer ir ao evento e ir. Querer sair do evento e sair. Querer dormir e dormir. Na hora que eu quero. Sem perguntas. Livre. Simples. E ainda assim, incrível demais.

Detalhe mega importante: nessa primeira viagem de debut da minha agência de turismo, eu mal sabia falar espanhol. Então, junto com tudo isso, estava o fato de que eu não falava e não entendia quase nada do que falavam pra mim.

Eu apresentei a @brasileirosnouruguai para os olhos atentos de grandes empresas como GOL, TAM, Conrad, Mantra, e outras grandes do Uruguai, fazendo mímica!!

Hahaha! Tamanho era o meu comprometimento com o meu projeto. Eu realmente acreditava que a @brasileirosnouruguai seria a melhor agência de turismo para brasileiros no Uruguai e eu falei isso para todo mundo com quem eu falei naquele dia. 😊

Depois dessa primeira experiência maravilhosa e libertadora de viajar sozinha, como vocês devem imaginar, eu não parei mais.

Minha grande incentivadora: Minha mãe <3

Minha grande incentivadora das minhas viagens sozinha foi a minha mãe. Ela sempre me disse: vai, filha! Vai viajar! Ela mesma sempre viajou sozinha, desde os 13 anos de idade. Com a gente também viajava sozinha, já que meu pai, muitas vezes, não podia sair do trabalho para nos acompanhar o mês inteiro de férias.

Minha mãe sempre me incentivou a viajar sozinha, a ser independente a correr atrás das minhas coisas. Agradeço muito a ela pelo apoio. Sem ela, provavelmente não seria metade de quem sou.

Viajar Sozinha Vantagens

Ela que marcou minhas viagens solo para Bonito, para Maceió e para outrso lugares no Brasil. 🙂

Viajar Sozinha Solteira

 

MInhas Viagens Solo

Viajei sozinha pelo Uruguai para vários lugares: Punta del Este, Colônia do Sacramento, Montevideo mesmo e até Buenos Aires eu fui. Fui de barco, para outra feira de turismo, já no ano seguinte.

Todas essas viagens me prepararam para poder lançar a nova agência em Buenos Aires @brasileirosnargentina.

Na ocasião, eu fui para Buenos Aires sozinha, fazer os acordos comerciais com fornecedores de Buenos Aires e experimentar todos os serviços que eu ia vender para os meus clientes. Assim, fiz todos os passeios e fui a todas as reuniões também sozinha.

Olha, vou te dizer. Não foi fácil. Isso porque o mercado na América Latina ainda é muito machista. Mas eu consegui. E hoje, finalmente, estamos operando no Uruguai e na Argentina e atendemos a milhares de clientes todos os anos!

A Melhor Viagem da Minha Vida

Em 2015, quando voltei a morar no Brasil, decidi fazer uma outra viagem sozinha. A maior das maiores viagens que o viajante sozinho pode fazer: O Caminho de Santiago de Compostela. Definitivamente, uma viagem para viajar sozinha.

Experiencia de viajar sozinha

Claro que é possível viajar com outras pessoas para fazer o Caminho de Santiago, mas esse caminho peregrino foi pensado originalmente para se fazer sozinho. E naquele momento da minha vida, eu realmente precisava estar sozinha, pensar na minha vida e reorganizar algumas coisas.

Obviamente, minha família ficou preocupadíssima. Como assim eu ia voar para a Espanha para fazer um trajeto de 800km a pé, sozinha? SOZINHA! Mas eles sabiam que eu estava determinada a fazer o caminho. E eu determinada sou bem determinada mesmo. 😊

E lá fui eu, rumo à Santiago para uma das melhores viagens da minha vida. Percorri 450km do Caminho de Santiago a pé. Achei que 800km eram muitos dias. Afinal, eu precisava estar aqui para tocar a minha agência, por isso não podia me ausentar por tanto tempo. 450km estava ótimo.

No Caminho de Santiago, eu realmente estava sozinha. Além de mim, levava apenas minha mochila e meu cajado (sticks de metal, uma versão mais moderna do cajado, na verdade). E no caminho, nada estava reservado. Eu chegava na cidade e via onde eu iria domir, naquele momento, por exemplo.

Viajar sozinha texto

Nessa viagem em particular, eu fiz tudo do meu jeito. Ou seja, eu decidi o trajeto, eu decidia o quanto eu queria caminhar no dia, qual trajeto eu ia fazer, onde eu ia dormir, como eu ia gastar o dinheiro, tudo.

Eu fiz uma oração em cada capelinha que eu encontrei no meu caminho. Pude parar para contemplar todas as vistas que eu queria ver. Com calma. No meu tempo. Eu cantei O Sole Mio com italianos na trilha, eu dancei com alemães na rua, eu comi paella feita por moradores de uma pequena vila no interior da Espanha, eu chorei junto com os peregrinos na Cruz de Ferro, eu dei abrigo para uma menina Bósnia que ia dormir na floresta em uma noite fria, eu me perdi. Além disso, eu tive medo. Eu fiquei paralisada quando encontrei um cachorro na trilha. E também comi muito, eu me diverti, fiz amigos para a vida toda. Tudo no meu tempo. Com as minhas escolhas.

Viajar sozinha Uruguai

{Essa viagem transformou definitivamente a maneira que eu encaro as minhas viagens e o estar sozinha no mundo}

Hoje eu AMO Viajar Sozinha

Por tudo isso, atualmente eu viajo sozinha e amo viajar sozinha. Almoço em restaurante sozinha, vou ao cinema, vou ao teatro, vou ao parque, faço tudo sozinha e simplesmente amo os momentos que tenho comigo mesma.

Viajar Sozinha para o Uruguai 6

Por isso eu encorajo as mulheres que vem falar comigo para também viajarem sozinhas. Principalmente as mulheres, que tem mais medo de viajar sozinhas.

Claro, nós mulheres temos que ter cuidado redobrado ao viajarmos sozinhas. Infelizmente, o mundo é mais perigoso para nós, mulheres. Não só nas viagens, mas em tudo o que fazemos. Mesmo andar na rua de noite na nossa própria cidade.

Felizmente, o Uruguai e Argentina, países que atuamos, são relativamente seguros para viajantes mulheres sozinhas. 🙂 Isso me deixa feliz, pois posso indicar tranquilamente a viagem para as mulheres que perguntam sobre vagens para esses países.

Com o objetivo de te ajudar a se inspirar a viajar, eu elaborei uma lista de Vantagens de Viajar Sozinha

Por que Viajar Sozinha? 

1 – Poder fazer o que quiser, na hora que quiser (sério, isso é surrealmente libertador)

2 – Conhecer os lugares que quer, sem ter que negociar ou ouvir reclamações, por exemplo. Rs

3 – Acordar a hora que quiser e ir dormir também a hora que quiser.

4 – Fazer amigos gringos (o que é mais difícil quando se está acompanhada).

5 – Comer exatamente aquilo que você quer, na hora que tiver fome. Sem ter que esperar, e sem comer aquele negócio que você não queria.

6 – Poder se demoraaaaaar. O tempo que achar que deve.

7 – E por fim, viajar sozinha permite o autoconhecimento. Saber o que é bom pra você, o que você gosta, o que você não gosta, o que você quer fazer. Uma viagem só sua, diz muito sobre você. 😉

Dicas para quem quer Viajar Sozinha

1- Vá a lugares que tenham Passeios Contratados.

Se é a sua primeira vez viajando sozinha, recomendo ir a um lugar que tenha passeios que você pode contratar para fazer com outras pessoas. No Brasil, lugares como Bonito, Chapada dos Veadeiros, Capitólio, por exemplo, tem muitos passeios para fazer. Montevideo no Uruguai, Buenos Aires na Argentina, Santiago no Chile, Machu Picchu no Peru, para citar alguns na América Latina por exemplo, também têm muitos passeios. São lugares que têm passeios que você pode contratar para passear o dia inteiro, com grupos de excursão que você contrata para fazer o passeio.

Esses passeios ocupam o seu dia e você estará acompanhado de pessoas durante os passeios. Dessa maneira, esses passeios são uma ótima chance de fazer amizades. Inclusive, muitas amizades de viagem se formam nos passeios.

É diferente de você ir sozinha à uma praia, por exemplo e ficar o dia inteiro na praia sozinha. Almoça sozinha, volta para a praia, vai para o hotel. A chance de se entediar é mais alta. Mas para mulheres que viajam sozinhas o tempo todo, estar sozinha não é mais nenhum problema. Elas ficam sozinhas na rua, na chuva, na fazenda, em qualquer lugar, tranquilamente😊.

2 – Escolha destinos seguros

Sim, infelizmente, ainda temos que enfrentar problemas de violência contra mulheres em todo o mundo, não apenas no Brasil.  Assim, veja a recomendação desses lugares para viajantes mulheres. A notícia boa é que muitos países são super seguros para viagens sola. 😊

3 – Escolha hotéis seguros

Não adianta estar em um destino seguro e querer acampar sozinha no meio da mata. Por isso, dê preferência aos hotéis mais centrais, com uma boa localização.

4 – Cuide-se com o excesso de bebidas

De novo, segurança. Sim, mulheres, temos que nos precaver. Sempre. Por isso, se você está em um destino que não conhece, não beba muito (a ponto de ficar meio desorientada), sozinha. Principalmente se não souber falar o idioma. Eu sei que beber é uma delícia e é bastante injusto nós não podermos ficar tranquilas em qualquer lugar que quisermos.

Mas vamos evitar a fadiga e nos proteger, sempre. Se quiser beber mais tranquilamente, opte por um PubCrawl, que é aquele passeio que você contrata e vai caminhando junto com um guia, pelos bares da cidade. É super legal e além disso você estará com um guia, alguém que possa te ajudar caso aconteça alguma coisa.

5 – Contrate um seguro viagem

Essa eu recomendo para todos que viajam. Já vimos pessoas gastarem mais de 8 mil reais em consulta de emergência no Uruguai e um amigo meu gastou mais de 30 mil reais em uma cirurgia em Paris, mas foi reembolsado pelo seguro que ele tinha contratado 😊.

Se você viaja sozinha, mais um motivo para contratar o seguro viagem. É o menor custo da sua viagem e pode te poupar de ter o maior custo da sua viagem. Além disso, se está sozinha, não terá ninguém pra te ajudar se acontecer alguma coisa no meio da noite, por exemplo. Faça uma simulação aqui.

6 – Tire fotos dos seus documentos

E envie pelo email para você mesma. Tire foto do RG, Passaporte, Seguro Viagem, tudo que que for preciso, e envie para seu email. Assim, dessa maneira, se você for assaltada ou perder, será muito mais fácil conseguir novos documentos no consulado do país que estiver.

Viaje Sozinha, mulher!

Se você ainda está com receio de fazer a sua primeira viagem sozinha, vou compartilhar aqui os dados da pesquisa recente feita pela Booking.com que diz que 71% das mulheres brasileiras pretendem viajar de forma mais independente. Além disso, a Forbes diz que 70% a 80% das decisões de compras das viagens hoje, são feitas por mulheres.

Eu sou a maior entusiasta de viagens sozinhas, não apenas para mulheres, mas para mulheres principalmente, porque nós não temos esse costume e não somos encorajadas a fazer coisas sozinhas, da mesma forma como os homens são. 😉

Eu acho que viajar sozinha permite que você se conheça melhor, porque te dá mais noção de quem você é e do que você gosta. Te ajuda a encontrar os seus limites, aquilo que você é, de fato, quando não tem ninguém para interferir no seu caminho.

Acredito que uma vez que você vence o medo de ser vista sozinha, de estar sozinha, de viajar sozinha, você conquista a sua liberdade de ser e ir.

Fico feliz de ter ajudado a viagem de muitas mulheres até hoje e espero poder sempre ajudar, incentivar e promover a viagem de mulheres pelo mundo.

Passeios mais vendidos

Bares em Montevideo Baladas em Montevideo Noite Pub Crawl

Bares em Montevideo

a partir de R$ 129,00

5% para pagamentos em boleto

Primuseum – Jantar e Tango em Montevidéu

Primuseum – Jantar e Tango em Montevidéu

a partir de R$ 370,00

5% para pagamentos em boleto

Ônibus Turístico Montevideo

Ônibus Turístico Montevideo

a partir de R$ 130,00

5% para pagamentos em boleto

Chip de Internet no Uruguai

a partir de R$ 49,00

5% para pagamentos em boleto

City Tour Colônia do Sacramento

City Tour Colônia do Sacramento

a partir de R$ 250,00

5% para pagamentos em boleto

City Tour Montevideo Passeio Montevideo

City Tour Montevidéu

a partir de R$ 80,00

5% para pagamentos em boleto

city tour punta del este passeio punta del este

City Tour Punta del Este

a partir de R$ 170,00

5% para pagamentos em boleto

Conheça o Uruguai: As 3 Cidades com Desconto

Conheça o Uruguai: As 3 Cidades + Roteiro

a partir de R$ 500,00

5% para pagamentos em boleto

Conheça o Uruguai: completo – 5% Off

Conheça o Uruguai: Completo + Roteiro

a partir de R$ 1.270,00

5% para pagamentos em boleto

Bodega Bouza Visita com Degustação e Almoço

Bodega Bouza - Visita & Degustação

a partir de R$ 390,00

5% para pagamentos em boleto

Bodega Juanicó – Visita & Degustação

Bodega Juanicó - Visita & Degustação

a partir de R$ 370,00

5% para pagamentos em boleto

Bodega Pizzorno - Visita e Degustação

Bodega Pizzorno - Visita & Degustação

a partir de R$ 340,00

5% para pagamentos em boleto

Passagem de Ônibus de Montevidéu a Punta del Este no Uruguai

Passagem de ônibus de Montevidéu à Punta del Este

a partir de R$ 80,00

5% para pagamentos em boleto

Passeio Privativo em Colônia do Sacramento

Passeio Privativo em Colônia do Sacramento

a partir de R$ 2.140,00

5% para pagamentos em boleto

Passeio Privativo em Punta del Este

Passeio Privativo em Punta del Este

a partir de R$ 1.790,00

5% para pagamentos em boleto

Passeio Privativo em Montevideo

Passeio Privativo em Montevidéu

a partir de R$ 645,00

5% para pagamentos em boleto

Passagem de Barco entre Colônia do Sacramento e Buenos Aires

Passagem de Barco entre Colônia do Sacramento e Buenos Aires

a partir de R$ 340,00

5% para pagamentos em boleto