Encontre seu Passeio



Mais Lidos




Banner_left_Argentina

Feriado no Uruguai – General Artigas

O dia 19 de junho é feriado optativo no Uruguai. O motivo principal é por ser o dia do nascimento de Artigas. Nesse dia também se comemora o Dia da Bandeira. E o dia dos avós! 🙂

 

Você sabe quem foi  o General Artigas e o que ele fez pelo Uruguai?

Se não conhece a sua história, te ajudaremos com um breve resumo.

Com certeza você já viu seu monumento na Plaza Independência. O general em cima de um cavalo. Obra de um escultor Italiano chamado A. Zanelli inaugurado em 1923. Embaixo desse monumento está o Mausoleo inaugurado em 1976 onde os restos estão custodiados de forma permanente pelos soldados do Regimento Nº 1 – Blandengues de Artigas.

A referência ao General Artigas está em todos os cantos de Montevidéu e do país. Ele é nome de ruas, avenidas, monumentos. Em todos os lugares, você vai se deparar com ele.

José Gervasio Artigas Arnal nasceu dia 19 de junho de 1764, há exatamente 251 anos atrás. Estudou na Escola de Padres Franciscanos, mas sempre gostou muito do campo. Ele morou em Montevidéu ate seus 14 anos, depois começou a pular de lugar em lugar, correndo perigos, trabalhando em fabricas e até contrabandeou couro pro Brasil.

Com 33 anos, ele volta como soldado do Corpo de Blandengues de Montevidéu comandado pelo Rei do Império Espanhol, que tinha como objetivo proteger as fronteiras. Uma das primeiras tarefas foi reprimir o contrabando de tabaco e gim que se realizava com o Brasil e controlar o avanço dos portugueses nas fronteiras ao norte.

Anos depois, na fronteira com Brasil, Artigas conheceu um afro-montevideano que tinha sido capturado pelos portugueses e convertido em escravo. Artigas compra esse escravo que será seu melhor amigo pro resto da vida. Ele se chamava Joaquim Lenzina, mais conhecido como ¨El negro Ansina¨.

Em 1811, desconforme com os espanhóis, Artigas se desvincula das autoridades espanholas e oferece seus serviços aos militares de Buenos Aires onde foi nomeado Tenente Coronel. Nas notas de historiadores aparece que Artigas fugiu para Buenos Aires.

Artigas assume o comando da Revolução e derrota os espanhóis na famosa ¨Batalla de las Piedras¨, sendo eleito como ¨Primer jefe de los Orientales¨ e sitiando a seguir Montevidéu. Durante aquele combate, parte das tropas do partido espanhol bandeou para as filas dos patriotas.

No ano seguinte, proclama a Província Oriental em Governo Federal sendo modelo a seguir pelas outras Províncias.

Em 1813, em uma Assembléia, Artigas reclama a independência das províncias do poder espanhol, a liberdade civil e religiosa, igualdade entre as províncias, que o governo seja republicano, federalismo com respeito aos negócios gerais do Estado, uma confederação de proteção as províncias entre si, soberania sobre a Região das Missões, e que o governo federal seja em Buenos Aires.

A Assembléia é considerada fajuta porque os deputados que participaram e votaram, eram considerados comparsas de Artigas, e então a Junta Revolucionaria faz uma outra assembléia escolhendo deputados que estivessem contra Artigas. Com isso, Artigas abandona Montevidéu e tenta controlar o interior da Banda Oriental e a Província de Entre Rios. E por isso é declarado Traidor da Patria.

Essa declaração faz com que Artigas seja perseguido por todos. Oferecem recompensa para quem o entregue, vivo ou morto.

Artigas continuou lutando por seus ideais e defendendo seu povo. Foram lutas e mais lutas, que beneficiou índios, gaúchos e escravos oprimidos pelas classes dominantes. Por isso foi e é chamado ate hoje de Protetor dos povos livres.

Em 1820 é derrotado pelos tropas invasores luso-brasileiras. Com a derrota militar e sem apoio dos aliados, ele não teve outra alternativa que ficar exilado no Paraguai, e seu único acompanhante foi ¨El negro Ansina¨.

Nos 30 anos que viveu lá, se converteu em um campesino e teve uma vida sedentária. Faleceu dia 23 de setembro de 1850.

Artigas é o máximo Prócer do Uruguai (o maior herói do Uruguai). Também honrado na Argentina pela contribuição a Independência. Recebeu títulos como Chefe dos Orientais e Protetores dos Povos Livres.

Em 1828 a Província Oriental vira uma província independente e é chamada de Estado Oriental do Uruguai. No momento em que isso acontece, Artigas esta morando no Paraguai, exilado, onde ficou  até a sua morte.

José Artigas tornou-se o maior líder da luta pela independência no futuro Uruguai.

Em 1854, em uma missão confidencial, o governo uruguaio pede a repatriação dos restos mortais de Artigas para o governo do Paraguai e este é enterrado no Cemitério Central.

Quando completam 100 anos da morte de Artigas, em 1950, resolvem fazer uma homenagem ao prócer. Tiveram vários atos do governo, missões diplomáticas, militares de países amigos e das Forças Armadas da nação. Os pontos de homenagem foram Três Cruzes e o cruzamento da 18 de Julio com a Boulevard Artigas. Nessa homenagem, exibiram uma urna nova reconstruída como a original em frente ao Obelisco (Monumento aos Constituyentes de 1830).

Depois de boatos de que a urna seria roubada, fizeram um operativo militar e transferiram a urna para o Regimento dos Blandengues de Artigas, ficando em custodia do exercito.

Em 1974, foi aprovada a criação do mausoléu para o deposito dos restos de Artigas, que é onde se encontra hoje, depois de algumas remodelações, na Praza Independência, centro da Cidade de Montevidéu.

Todas as semanas mudam os guardas que tomam conta da urna. Essa troca é feita todas as sextas-feiras, as 12h30pm, sem exceção e pontualmente. É um momento emocionante e termina sendo um espetáculo para quem esta passando pela Plaza Independência neste momento.

 

Dia da Bandeira no Uruguai

Simbolizando as idéias patriotas do Prócer Artigas, declararam esse dia também como Dia da Bandeira.

Neste dia se realiza o Juramento de Fidelidade á Bandeira Nacional. Isso acontece desde 1940 onde estabeleceram o seguinte: ¨ Todo cidadão natural ou legal está obrigado a prestar juramento de fidelidade a Bandeira Nacional, em ato publico e solene.¨. Este juramento é feito uma vez na vida.

Os alunos das escolas publicas ou privadas, funcionários públicos, escolas militares, navais etc….devem realizar o juramento.

Fontes:

https://es.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Gervasio_Artigas

http://www.chasque.net/vecinet/artigas3.htm

http://www.latinoamericano.jor.br/artigo_artigas.html

http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6475:submanchete021111&catid=29:cultura&Itemid=61

http://www.diarioliberdade.org/opiniom/opiniom-propia/17452-jose-artigas-caudilho-dos-homens-livre.html

http://www.cuandoo.com/natalicio-del-gral-jose-gervasio-artigas-5258.html

 

Gostou? Dê sua avaliação: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...
Gostou dessa matéria? Veja também artigos sobre a Argentina


Exibir botões
Esconder botões